Os vereadores da cidade de Milagres estão sem receber o subsídio mensal desde o mês de setembro, sem previsão de receber os meses finais deste ano. Para completar o problema, o forro do plenário da Câmara Municipal desabou, obrigando a suspensão das sessões há 15 dias, sendo as reuniões ordinárias realizadas na sala das Comissões.

Reunidos, os vereadores da situação, decidiram tornar público os problemas do Legislativo.
Conforme o vereador Roberto Santos Ribeiro, popular Roberto de Lourival (PCdoB), a falta de pagamento dos vereadores é oriundo do Orçamento do Legislativo “que foi feito errado, com rubricas sem valores suficientes para atender as despesas”.

Nossa redação não conseguiu contato com a presidência da Câmara e com os vereadores de oposição. (O Paraguaçu Noticia)