Diante da redução significativa de insumos frente à greve nacional de caminhoneiros, que reivindicam direitos ao governo federal, a Santa Casa de Valença anuncia a suspensão de serviços como banco de sangue e cirurgias eletivas.

Ficam mantidos os atendimentos de urgência e emergência, incluindo os obstétricos, que receberão o suporte dos setores e dos serviços ambulatoriais necessários para os pacientes internados. A medida foi tomada para garantir o atendimento aos casos com maior gravidade e que não podem aguardar.

A unidade hospitalar reitera seu compromisso com a saúde da população e espera que a situação seja normalizada o mais breve possível. (ASCOM)