As universidade estaduais baianas (Uefs, Uneb e Uesc) interrompem as atividades nesta terça-feira (18), por melhoria salarial para docentes e funcionários e pela garantia de direitos trabalhistas.

Segundo a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), a reivindicação é de um aumento salarial de 30,5%. Desde 2012, o movimento docente reivindica o repasse de 7% da Receita Líquida de Impostos para as universidades estaduais, que atualmente é de aproximadamente 5%. (Bahia.ba)