A Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) realizou nesta quinta-feira (25), em São Paulo, uma reunião para reafirmar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado nesta quarta (24) a 12 anos e um mês de prisão em segunda instância. A Executiva da legenda aprovou por unanimidade.

O ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli já havia adiantado que, mesmo após condenação no Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF4) no caso do tríplex no Guarujá, o petista seria lançado oficialmente ao pleito.

Além de Lula, estão presentes ao evento a ex-presidente Dilma Rousseff, além de governadores, senadores, deputados federais e estaduais e dirigentes de movimentos sindicais de todo o país. (Bahia.Ba)