O caminhoneiro Everaldo de Sousa Santos negou a acusação que teria estuprado sua sobrinha de 9 anos na cidade de Elísio Medrado, no entanto exames periciais indicaram o contrário e o mesmo foi encaminhado para o sistema prisional.

O caminhoneiro também está sendo acusado pela própria filha, hoje com 18 anos, de ter estuprado a mesma quando ela tinha 12 anos. O Mandado de Prisão contra Everaldo foi expedido em março deste ano, e a prisão aconteceu no domingo (07/05) na BR 101, trecho de Conceição do Almeida. (Tribuna do Recôncavo)