Policiais Civis das cidades de Amargosa, Elísio Medrado e Mutuípe realizaram na tarde desta terça-feira (11/04), diligências no Vale do Jiquiriçá, visando combater crimes  e colher provas investigativas. Foi cumprido mandado de busca domiciliar na residência de Edmilson dos Santos, vulgo “Demi”, o qual foi preso por posse de arma de fogo em Amargosa. “Demi” já foi condenado por tráfico de entorpecente, oportunidade em que cumpriu mais de 03 anos de pena.

Dando continuidade as diligências os policiais se dirigiram a residência de Valdemir de Jesus Santos, vulgo “Gil”, no Povoado de Boa Vista  na cidade de Laje, para averiguar denúncias de plantação de “maconha” e tráfico de entorpecentes. O suspeito não se encontrava em sua propriedade, sendo então colhido provas do crime, inclusive pés de “maconha” que serão encaminhados para a perícia. A sua companheira foi conduzida para a Delegacia, onde foi ouvida e liberada.

Também foram feitas diligencias para apurar o homicídio de Fernando Silva Santos na localidade das Casas Populares, bairro da Katiara em Amargosa. Durante as diligências foram colhidas provas da autoria do crime, que serão utilizadas para posterior representação por Prisão Preventiva, um dos suspeitos conseguiu fugir do cerco policial. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: PC)