O presidente Michel Temer (PMDB) vai anunciar um novo reajuste do Bolsa Família, que pode chegar a 5%, segundo informou o jornal Folha de S. Paulo. A ação é uma tentativa de aumentar sua popularidade em meio às reações contra as reformas da Previdência e da legislação trabalhista.

Segundo o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, o aumento no valor do benefício, hoje em média de R$ 182 por família, será oficializado em julho e ficará um pouco acima da inflação verificada no período.

O ministro afirmou ao jornal que havia cerca de 500 mil famílias à espera de uma vaga no programa até o fim do ano passado. Nos três primeiros meses deste ano, de acordo com ele, o número chegou a zero. Outras medidas de apoio ao benefício também serão anunciadas nas próximas semanas na tentativa de turbiná-lo. (Bahia.ba)