Um homem de 54 anos, que seria suspeito de estuprar a neta de 1 ano e 5 meses, teve a casa incendiada por familiares em Santaluz, no nordeste baiano. Segundo a Polícia Civil, o crime teria ocorrido em 23 de março, mas Mateus Desidério dos Santos só foi denunciado nesta quarta-feira (11), pelos parentes.

O pai da criança ateou fogo nos carros do suspeito, por volta do meio dia, e outro familiar, que não teve a identidade divulgada, foi o responsável por iniciar as chamas que destruíram a casa, a noite.

Ninguém ficou ferido nas duas ocorrências. A criança foi encaminhada para o Departamento de Polícia Técnica para ser submetida a exame de corpo de delito. (Bahia.Ba)