Nesta quarta-feira (22/06) em comemoração aos 164 anos da Paróquia Santo Antônio, em Santo Antônio de Jesus (Diocese de Amargosa), houve a celebração da Santa Missa presidida pelo pároco, padre Nelson Franca e com a participação de vários padres, no espaço do São João. Essa parceria da celebração no local dos festejos juninos já acontece há alguns anos entre a Prefeitura Municipal e a Paróquia. Logo após é seguido de show católico, que neste ano contou com a presença do padre sertanejo Alessandro Campos.

missa aniv par

O padre Alessandro Campos já conhecido do público por ter se tornado o “Padre Sertanejo do Brasil”, e pelo programa “Família Sertaneja” na Rede Vida de televisão atraiu um numeroso público de várias cidades vizinhas, que aguardavam ansiosos esse momento.

O padre Alessandro entrou no palco cantando a música que marcou sua carreira e o fez conhecido do público do Brasil inteiro “O Que É Que Eu Sou Sem Jesus”, e o público correspondeu cantando junto com ele e colocando as mãos ao alto.

Logo após o padre desculpou-se pelo atraso, segundo ele enfrentou um longo engarrafamento desde que saiu de Salvador às 15 horas. Mas o público esqueceu o atraso e se empolgou cantando, dançando, rezando junto com padre e se emocionando. Percebia-se sobretudo o grande número de idosos que foram  assistir o show do padre Alessandro.

pe alessandro helioEm entrevista concedida ao repórter Hélio Alves Padre Alessandro Campos agradeceu o convite e a oportunidade de está retornando à Bahia e pela primeira vez está fazendo show na abertura de um São João. Declarou admiração pelos baianos por ser um povo alegre, trabalhador e religioso. Agradeceu ao público presente, à Prefeitura Municipal, aos padres presentes: padre Nelson Franca, padre Anderson Aparecido, padre Neivaldo Carvalho e padre Arquimedes Neto. Mencionou também o nome de Dom Valdemir, novo bispo da Diocese de Amargosa, que tomará posse no dia 3 de julho.

Durante três vezes do show o padre Alessandro solicitou que o público rezasse com ele, pedindo paz e proteção para as famílias, a cidade, a Diocese de Amargosa. Também houve momentos de oração de cura e libertação – como característica dele nesses momentos de oração, Padre Alessandro buscou a intercessão de Nossa Senhora Aparecida, segurando uma imagem da Santa e também fez oração com o crucifixo, simbolizando Jesus Cristo ressuscitado.

Em determinado momento do show o padre solicitou ao público que aplaudisse os irmãos evangélicos que ali estavam, sendo que eles costumam participar de todos seus shows e disse: “Jesus Cristo quer a unidade entre todos, somos irmãos.”

O seu repertório foi totalmente de músicas já conhecidas do público, dos seus CDs, que costuma cantar no seu programa de televisão, em ritmo de forró,  e sucessos bem antigos que marcaram época, como “ Majestade, ó sabiá”, de Roberta Miranda, “Formatura”, de Nalva Aguiar, “ Beijinho doce”, entre outras.

Já finalizando o show, houve a participação do sanfoneiro mirim Cristian no palco junto com padre Alessandro. Padre Alessandro Campos finalizou o show cantando a mesma música da abertura “O Que É Que Eu Sou Sem Jesus”, e declarou que espera ser convidado todos os anos para voltar a cantar em Santo Antônio de Jesus. (Jocinere Soares/Tribuna do Recôncavo). Aguarde o vídeo!

padre alessandro saj pe

publico padre alessandro

Aproveite e curta a nossa fanpage. Clique Aqui !