O Senado canadense aprovou ontem (07), o projeto de lei que legaliza o consumo da maconha em todo o país, por 52 votos contra 30 e uma abstenção. A matéria vai ser analisada agora pela Câmara de Representantes, dominada pelos liberais do primeiro-ministro Justin Trudeau, que fez da legalização da cannabis uma promessa de campanha, o próprio premiê já admitiu ter fumado a erva com os amigos “cinco ou seis vezes”.

Analistas avaliam que o mercado da maconha no Canadá vai movimentar cerca de 4,5 bilhões de dólares. A venda da planta para uso medicinal está liberada no país norte-americano desde 2001. (Metro1)