Fazer circular a cultura baiana e contribuir para a qualificação do setor no cenário nacional e internacional é a proposta do Edital de Mobilidade Artística e Cultura, que está com inscrições abertas a partir desta quarta-feira (23), até 21 de junho. Esta é a terceira chamada para a execução de projetos no ano de 2018 – serão aceitas propostas com início de cronograma em 01 de novembro de 2018 até 31 de janeiro de 2019 – e a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) aumenta o volume de recursos de R$ 250 mil para R$ 400 mil.

Os recursos serão investidos em projetos nas áreas de Intercâmbio e Difusão; Residência Artística; e Formação Cultural; para atividades que podem ocorrer fora do estado ou país. O edital potencializa que artistas, produtores e agentes culturais realizem diálogos interculturais a partir de ações, cursos e/ou atividades a nível nacional e internacional.

O valor limite de apoio por proposta é de até R$ 50 mil para as linhas de Intercâmbio e Difusão e até R$ 25 mil para projetos de Residência Artística e de Formação Artística e Cultural. A seleção consiste em duas etapas: análise prévia e de mérito.
A análise prévia incide na avaliação da pertinência e enquadramento da proposta em relação ao edital. A análise de mérito consiste na avaliação da proposta por uma comissão, conforme estabelecido no edital, composta por membros da Secretaria de Cultura e suas unidades vinculadas (Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Fundação Pedro Calmon (FPC) e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), representante da Secretaria da Fazenda e membros da sociedade civil, indicados pelo Conselho Estadual de Cultura.

Os critérios estabelecidos para a seleção das propostas consideraram os seguintes aspectos: relevância da atividade a ser realizada; adequação do projeto ao histórico de atuação do candidato; relevância do evento e/ou da entidade parceira para a área cultural em que se insere; contribuição do projeto para a difusão e valorização da produção cultural da Bahia; consonância com os objetivos de apoio à mobilidade.

O Edital de Mobilidade Artística e Cultural realiza ao menos três chamadas por ano, mantendo o fluxo contínuo desde a sua regulação, em 2009. Considerando as três chamadas de 2018, o valor total disponível é de R$ 900 mil. Confira edital e mais informações no site da Secult.

Fonte: Ascom/ Secult