Uma mãe santoantoniense está aflita e em busca de ajuda para internar seu filho com transtornos mentais. Segundo Rita de Cássia dos Santos, seu filho que tem 20 anos está apresentando temperamento agressivo e constantemente agride ela, os vizinhos ou quem tenta se aproximar dele.  O jovem que faz acompanhamento pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), em Santo Antônio de Jesus, não responde ao tratamento de maneira adequada e de acordo com a mãe, os médicos só aumentam as doses dos medicamentos, sem cogitar internação.

“Já tem mais ou menos uns seis meses eu correndo atrás dos médicos, pedindo e eles só fazem aumentar os remédios e cada vez mais ele tá piorando”, contou. O jovem que estudou até os 19 anos precisou se ausentar da escola porque ameaçou agredir o motorista do transporte escolar. Rita conta que às vezes ele aceita o remédio, mas que em pouco tempo começa a ter surtos e a situação piora com mais agressões. A família faz um apelo para que os órgãos possam dar assistência no caso, para que a vida de todos seja preservada.

Rita que já comunicou o fato ao Ministério Público disse que não sabe mais o que fazer. “Ele tá cada dia pior dizendo que vai me matar e estou com muito medo. Quero um socorro das autoridades ou qualquer pessoa para internar ele”, disse. Para ajudar a família que reside na Segunda Travessa Marieta Martins, conhecida como Rádio Clube, pode ligar para (75) 9.8145-1542.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Blog do Valente