O organizador do Campeonato de Handebol, Antônio Peixoto, falou do assalto à delegação de Itajuípe no último sábado (07), em frente ao Ginásio de Esportes Waldemar Queiroz em Santo Antônio de Jesus. Lamentando a situação, Peixoto explicou que houve falta de comunicação entre ele e o representante da referida delegação.

“Eu disse a Humberto que quando passasse do Shopping ele me ligasse que eu ia trazê-los aqui no ginásio e o guarda ia deixa-los entrar. Ele ligou e disse que estava no ginásio e o vigia não deixou entrar e que precisava da liberação de Abel. Eu procurei Abel e não o encontrei, fui logo para o ginásio, liguei para uma menina do grupo para recepciona-los e soube do assalto”, disse.

Para ele, o ginásio está abandonado em um local considerado perigoso no município. “Não adianta pintar o ginásio e não mudar a organização. Fiquei muito triste com o que aconteceu, nem queria mais continuar o campeonato, tem que ter segurança”, pontuou.

Reportagem: Tino Alves/ Rádio Andaiá | Redação: Blog do Valente