Na sessão realizada nesta segunda-feira (19), o vereador Altemir cobrou transparência na Câmara Municipal. De acordo com ele, não há informações de projetos, repasses por parte do presidente Antônio Nogueira (Tom). “Não existiu transparência da Câmara em 2017, nunca sentamos com o presidente para discutir nada, para falar dos repasses. A gente não viu o projeto da reforma da Câmara. Não tem transparência, aqui tudo é escuro”, disse.

O vereador que é o primeiro secretário da mesa diretora frisou que na próxima eleição para presidência da casa não irá votar em Tom. “Ele é uma pessoa boa, mas tenho que falar a verdade. Não sei em quem votar, mas em Tom não. Parece que eu, Pedro de Têca e Gerson somos fantoches”, pontuou. Altemir informou que o próximo passo é apresentar essas reivindicações ao Ministério Público para que possa apurar o caso.

“O presidente da Câmara sabe que estou falando a verdade. O prefeito está ciente da situação, conversei pouco com ele”, salientou. O edil parabenizou o prefeito pelas obras que está fazendo na cidade e reforçou seu apoio ao grupo. (Blog do Valente)