Familiares pedem justiça pela morte de jovem no Cruzeiro do Riachão, Zona Rural de Santo Antônio de Jesus. Wilson dos Santos, 22 anos foi alvejado enquanto dormia com sua esposa na manhã do último sábado (03). A esposa de 17 anos e grávida de 5 meses também foi atingida pelos tiros, sendo encaminhada ao Hospital Regional onde teve que retirar um rim. Ela permanece internada em estado grave a espera de transferência para a capital e não há informações do estado do bebê.

Uma parente da vítima que preferiu não ser identificada reivindica justiça e segurança para o local. “A gente da família pede as autoridades para que venha investigar e prender os culpados. Era um jovem trabalhador, de família, não bebia e nem usava drogas e morreu de forma cruel. Foi uma monstruosidade”, disse. De acordo com ela, os moradores da zona rural estão assustados e com medo de sair de casa.

“Quando é uma pessoa envolvida a gente tem um motivo, mas outra coisa é perder uma pessoa inocente. Ver a pessoa que você ama com tiro no olho, isso não existe. Eu sei que nada vai trazê-lo de volta, mas peço ao prefeito que assim como ele foi lá pedir para votar nele que ele possa ir lá fazer alguma coisa, que ajude o pessoal da zona rural para que não aconteça com outra família o que aconteceu com a minha, a dor é muito grande, minha tia está dopada, internada, sem forças. Quero justiça”, frisou.

Reportagem: Radio Andaiá FM | Redação: Blog do Valente

MATÉRIA RELACIONADA: SAJ: jovem foi morto na zona rural por vingança no lugar do irmão, diz delegado