Planejar o futuro muito possivelmente seja uma das coisas que você goste de fazer. Bacana. Fazer planos, ter sonhos e objetivos é ótimo. Nos motiva e nos coloca pra frente. Temos uma ideia, construímos um futuro na nossa cabeça e começamos a buscá-lo. Mas não é necessário muitos anos de vida para já perceber que as coisas nem sempre saem como planejado. A estrada é cheia de buracos e às vezes ficamos trancados em alguns.

Complicações fazem parte do dia a dia. Têm vezes que as coisas ficam bem complicadas e passamos por fases difíceis. Nessas horas existem diferentes formas de lidar com elas. Muitas pessoas sofrem e ficam batendo cabeça contra os acontecimentos e infortúnios. Mas outras, têm uma característica muito bacana e que precisamos aprender a desenvolver. É a nossa capacidade de resiliência.

A habilidade de ser resiliente é algo cada vez mais importante nesse mundo de mudanças constantes que vivemos. Ser resiliente basicamente significa saber se adaptar à nova realidade quando a vida apronta algo que não gostamos. É saber superar obstáculos de forma positiva sem perder o controle emocional. Aceitar a nova realidade por mais que não seja aquela que se deseja e começar a ver o que fazer para melhorar a partir desse novo ponto.

A resiliência nos ajuda a desprender do passado e encarar a nova fase de frente. Assim como precisa ser. Sem lamentações pelo leite derramado. Com coragem e vontade de vencer. Assim, mantendo nossos planos e sonhos no caminho de serem alcançados.

Texto produzido com exclusividade para o Tribuna do Recôncavo por Juan O’Keeffe