No último domingo (07/05) a Renovação Carismática Católica (RCC) da Diocese de Amargosa esteve reunida na Paróquia São José do Andaiá em Santo Antonio de Jesus celebrando os 50 anos do movimento, o “Jubileu de Ouro.” O evento foi marcado pela presença e unidade dos grupos da Renovação Carismática da Diocese, por forte espiritualidade carismática, pregações, louvor, histórico dos 25 anos do  movimento na Diocese e concluído com a Santa Missa.

A primeira pregação foi realizada pelo coordenador estadual da RCC, Frederico Mastroangelo, cujo tema foi “O Espírito Santo descerá sobre ti”(Lc 1: 26-38), onde  narra o contexto da anunciação do anjo Gabriel a Maria. O pregador  ressaltou que Maria era simples, humilde e obediente ao Senhor, por isso fora escolhida para ser a mãe do Salvador. Frederico ainda ressaltou que a igreja católica está vivendo os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, os 100 anos de Nossa Senhora de Fátima e a RCC – como  movimento profético, pára e pergunta para Deus: “O que o Senhor quer de  nós neste ano Jubilar e ano Mariano?”, indagou.

A segunda pregação foi realizada por Terezinha, ex-coordenadora estadual da RCC, cujo tema foi “As características que o Senhor espera dos escolhidos”. (Jo 15 16-17) – a pregadora ressaltou a trajetória dos 50 anos da RCC no mundo e as dificuldades que os servos muitas vezes enfrentam no caminho: cansaço, desfalecimento e decepções com as coisas ao seu redor.

Houve também apresentação das crianças que estiveram no Jubileuzinho durante o dia; um breve explanar de Glauber acerca do Ministério para as Famílias, sendo ele e sua esposa coordenadores e foram entregues as capelinhas da Sagrada Família para os três grupos de oração, onde foram implantados recentemente esse ministério.

Logo após foi presidida a Santa Missa pelo diretor espiritual da RCC na Diocese, padre Nilvandro Oliveira (da Paróquia São Brás em Taperoá), e concelebrada pelo líder espiritual da RCC, padre Jurandir Pereira (da Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Laje), e padre Marco Antonio (pároco da Paróquia São José), que agradeceu aos padres presentes, parabenizou os grupos da Diocese por estarem celebrando o  Jubileu, e demonstrou sua satisfação por está ocorrendo em  sua paróquia.

Foi realizado um momento em que Adailton Oliveira, ex-coordenador diocesano narrou os 25 anos da trajetória da RCC na Diocese até os dias atuais e cada grupo foi representado pelo primeiro coordenador e o atual, simbolizando com banner o seu grupo.

Ao término da celebração, padre Nilvandro como um dos líderes espirituais,  fez algumas recomendações para a RCC: “Sejam obedientes aos seus padres, não a pessoa humana mas ao ministério que ele exerce; e obedientes aos coordenadores de grupo, porque Deus tem seus projetos; sejam  fieis à coordenadora diocesana. (…)Não tenham medo, vocês não receberam um Espírito de medo, mas de fortaleza, caminhem com firmeza. Aquilo que é de Deus permanece; perseverem na fé, não desistam diante das adversidades e dos sofrimentos. Nunca esqueçam que aquilo que é essencial nunca será tirado de vocês, que é o Espírito Santo de Deus.”

O evento  finalizou com as palavras de agradecimento da coordenadora Ana Luíza, a qual manifestou sua alegria,  agradecendo a presença dos grupos da RCC da Diocese, a parceria dos ex-coordenadores diocesanos com quem pode contar sempre e a Jesus que conduziu todos os momentos para que o Jubileu pudesse acontecer na Diocese.

A ex-coordenadora diocesana, Tatiane que não estivera presente no Jubileu por está em missão em outra Diocese, chegou durante os agradecimentos e também pôde manifestar a sua alegria pela celebração do Jubileu da RCC, ocorrido em Santo Antônio de Jesus neste domingo, dia 08. (Jocinere Soares/Tribuna do Recôncavo)