Fazer trilhas, tomar banho de cachoeira e conhecer a fauna, flora e a história da Chapada Diamantina. As atividades estão na lista dos turistas que preferiram passar o feriadão de Carnaval em uma das zonas turísticas mais agradáveis da Bahia. Hotéis da região registram bom desempenho neste período.

O ecoturismo é o grande foco de Lençóis, ponto de partida para muitos passeios – Morro do Pai Inácio, grutas Pratinha e Lapa Doce, poços Azul e Encantado e cachoeiras como Ribeirão do Meio, dentre outros. A cidade atrai turistas de todo o mundo e preserva um casario de estilo colonial datado do século XIX que remonta ao tempo em que era conhecida como Capital do Diamante.

Alta taxa de ocupação dos meios de hospedagem também foi conseguida em Mucugê, onde a maioria dos hotéis e pousadas alcançou o patamar de 100%. Um deles é o Hotel Alpina. Em Palmeiras, a festa é pequena e restrita à sede do município. Mas o destaque é o Vale do Capão, indicado para quem deseja descansar e se aventurar em contato com a natureza. Entre os visitantes que buscam, principalmente, fugir da folia, estão baianos de Salvador e paulistas, cariocas, mineiros e sergipanos.

A administração municipal estima em 40 mil o fluxo turístico neste Carnaval. Hotéis e pousadas têm ocupação de 100%, e a oferta de vagas foi ampliada com o aluguel de casas. Entre os principais atrativos de Palmeiras está a Cachoeira da Fumaça, queda d’água com 360 metros.

 

Fonte: Ascom/Setur