A Record demitiu nesta quinta-feira (1º) oito funcionários da equipe da Sabrina Sato. Entre eles, um editor finalizador que, revoltado, simplesmente apagou do sistema o programa previsto para ir ao ar na noite deste sábado, segundo informações do colunista Flávio Ricco.

O profissional teria deletado o programa do Interplay, um servidor no qual os programas são editados, jogando fora o trabalho de quase uma semana de edição, sonorização e finalização, de acordo com o colunista. O material bruto terá que ser editado do zero. A emissora ainda não se manifestou sobre o assunto. (UOL, Noticias ao Minuto)