De abril a outubro de 2017 três cidades do Recôncavo sediarão a exposição Cotidiano Expresso Pela Arte – Gravuras de Cesarino, do artista mineiro Cesarino Gonçalves do Nascimento. O projeto é uma homenagem ao artista que reúne cerca de 30 obras de xilogravuras retratando o cotidiano e a religiosidade do povo mineiro e carioca. Além da exposição, que conta com recursos de áudio descrição e braile, garantindo a acessibilidade, o projeto realizará oficinas educativas com o objetivo de aproximar o público com a técnica artística das obras expostas.

Muritiba, cidade onde vive a esposa do artista, Margarida Santos do Nascimento, será a primeira a receber a exposição, com abertura dia 08 de abril, às 19 horas, seguindo aberta à visitação até 22 de maio na Avenida Rui Barbosa em Muritiba. Em seguida as obras vão para Cruz das Almas, onde serão expostas na Casa da Cultura Galeno d’Avelírio, de 27 de maio a 30 de julho. Cachoeira encerra o circuito no período de 01 de setembro a 01 de outubro, no Núcleo de Memória e Documentação do Recôncavo.

Cesarino (1928-1978), artista negro, nasceu na cidade de Barão de Cocais e cresceu em Sabará, ambas interior de Minas Gerais, estudando desenho e gravura na Escola de Belas Artes de Minas Gerais. Mais tarde passou em um concurso para cartógrafo no Ministério da Saúde, quando se mudou para o Rio de Janeiro. Durante sua vida participou de concursos e bienais recebendo diversos prêmios e teve suas obras expostas no Leilão Cenaberta- Hotel Gloria- RJ (1974) e em Salões Universitários nas cidades do Rio de Janeiro- RJ, Brasília-DF, Rio Grande do Sul-RS e Salvador-Ba.

 

Serviço

O que: Exposição O COTIDIANO EXPRESSO PELA ARTE – GRAVURAS DE CESARINO

Quando:

Muritiba – 08 de abril a 22 de maio;

Cruz das Almas – 27 de maio a 30 de julho;

Cachoeira 01 de setembro a 01 de outubro.

Onde: Recôncavo:

Muritiba – Avenida Rui Barbosa, n° 18, centro;

Cruz das Almas – Casa da Cultura Galeno d’Avelírio , Rua XV de Novembro, 56, Centro;

Cachoeira – Núcleo de Memória e Documentação do Recôncavo Baiano – NUDOC, Rua Ana Nery, 09, centro.

Quanto: Gratuito

 

ASCOM