A banda Psirico não vai participar do tradicional arrastão da Quarta-feira de Cinzas, para encerrar a folia de 2018. O motivo é a agenda de shows. “A gente não vai conseguir chegar em Salvador a tempo, por causa da quantidade de shows”, explicou.

Márcio Victor enalteceu o trabalho que faz à frente da Psirico. “Sempre dá a cara a tapa, mesmo não fazendo sucesso. Esse ano a gente chamou Àttooxxá, que é banda de música eletrônica com percussão, tem tudo a ver com a gente, explicou.

Segundo Márcio Victor, os artistas grandes precisam ceder espaço os menores, para que a música se renove a cada dia. (Bahia Noticias)