A Procuradoria-Geral da República (PGR) está produzindo um manual de delação premiada. O objetivo é normatizar, de forma detalhada, os procedimentos adequados para a instituição aceitar e conduzir as negociações e a própria delação.

Segundo informações da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, o manual é um pedido da procuradora-geral Raquel Dodge, que visa se diferenciar de seu antecessor, Rodrigo Janot.

De acordo com a publicação, ela acredita que os processos corriam sem muito controle sob o comando dele. O texto diz ainda que a PGR quer congelar a “era das delações” para advogados de pessoas envolvidas na Operação Lava Jato. (Bahia Noticias)