Pacientes que fazem tratamento em Salvador e que são conduzidos pelo município de Presidente Tancredo Neves, tiveram que conviver com um transtorno gerado pelo município.

Na terça-feira um micro-ônibus da prefeitura municipal foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal pela falta de pagamento do licenciamento, este estava em mais uma de suas viagens das quais é utilizado rotineiramente.

Esta não foi a primeira vez e nem o único veículo apreendido nesta gestão pela falta de licenciamento. No ano passado, em uma operação desencadeada pelo CIRETRAN juntamente com a Polícia Militar no centro da cidade, foram guinchados outros dois veículos do poder público. (Notícia na Tela)