O presidente do Banco Central do Brasil, Ilan Goldfajn, voltou a falar sobre as criptomoedas, que tiveram uma valorização surpreendente desde 2017. Em entrevista à jornalista Nathalia Arcuri, no Youtube, Ilan afirmou que o Banco Central, por enquanto, não vai proibir as transações das criptomoedas.

“Nós não vamos proibir, mas a gente alerta”, disse. “As moedas não têm lastro, ninguém está garantindo, nenhum governo ou Banco Central. É algo que subiu muito, mas que amanhã pode cair muito”, acrescentou.

Ao final da entrevista, Goldfajn alertou os investidores de criptomoedas. “Você que está pensando nisso [investir em criptomoedas], leve em consideração que tudo que sobe e não tem nenhuma garantia, pode cair.” (Girobusiness)