O Palácio do Planalto abriu uma licitação para contratar serviços de comunicação por satélite para dois aviões presidenciais. Com previsão de gastos de R$ 2,3 milhões, o objetivo da licitação é permitir que o presidente e assessores consigam se comunicar a qualquer tempo a bordo das aeronaves. De acordo com a coluna Expresso, um das exigências da licitação é que a empresa escolhida guarde sigilo sobre todas as informações obtidas em decorrência do serviço. (Bahia Noticias)