O final do ano chegou e logo será o momento de reunir família e amigos para festejar. Geralmente essas ocasiões vêm recheadas de bebidas, diversos tipos de carnes, sobremesas e muitas guloseimas que são extremamente difíceis de resistir. O problema é que elas complicam a tarefa de manter o peso ou emagrecer.

A solução, segundo especialistas, está em tentar manter um equilíbrio. Para essas ocasiões, uma forma de evitar o exagero é limitar o número de opções na mesa. “Uma boa dica é servir um tipo de carne com acompanhamentos mais leves como, por exemplo, uma bela salada com legumes e folhas variadas”, diz o nutricionista Gabriel Medrado, da Rede Alpha Fitness.

O lombo de porco e o peru são carnes consideradas saudáveis, mas devem ser consumidas assadas e com cautela. Algumas substituições simples também podem reduzir o prejuízo na dieta. O nutricionista sugere arroz recheado com sementes variadas como gergelim, linhaça e chia, além de alguns legumes como vagem, cenoura e ervilha.

Para uma farofa mais saudável, o bacon e os embutidos devem ser substituídos por frutas secas e castanhas. “É importante que a pessoa já possua o hábito de ter refeições equilibradas em quantidade e qualidade ao longo do dia, e faça da ceia natalina uma celebração familiar e não um rodízio em domicílio”, acrescenta.

É importante ter cuidado também com as bebidas, pois os refrigerantes fazem mal à saúde e bebidas alcoólicas também possuem calorias que estimulam o ganho de peso. Se o exagero for inevitável, ainda é possível pôr em prática um plano de “redução de danos”. Treinar no dia da ceia é uma boa opção! “Se a pessoa exagerar na ceia de Natal, o importante é no outro dia voltar à rotina sem neura. Afinal, o que importa no final das contas é o que fazemos hábito e não essas ações pontuais”, finaliza Gabriel.

 

Pipa Comunicação Integrada