O município de Nazaré, no Recôncavo Baiano, não registra homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte) e lesão corporal seguida de morte desde 30 de maio de 2016. O dado foi divulgado nesta segunda-feira (30), pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

“Conseguimos desenvolver diversas ações conjuntas com a Polícia Militar e esta é a principal causa desse bom desempenho. Ampliamos os trabalhos de inteligência contra o tráfico de drogas e continuaremos fechando ainda mais o cerco em 2017”, afirma o titular da Delegacia Territorial de Nazaré, Marcos Maia.

Em dezembro do ano passado, uma operação resultou na desarticulação de uma organização criminosa responsável por tráfico de drogas, homicídios, roubos a bancos e outros crimes. Seis suspeitos, entre eles ‘Léo Gado’, ‘Piel’, ‘Dal’ e ‘Zoio’, apontados como líderes do grupo, morreram durante confronto. Continue Lendo >>

Outras 39 pessoas foram capturadas (entre flagrantes e mandados), dez armas de fogo foram apreendidas e aproximadamente 50 quilos de drogas (maconha, cocaína e crack) foram retiradas de circulação. O comandante em exercício do 14º Batalhão de Polícia Militar (BPM), major Fábio Sávio, destacou a importância do trabalho integrado com a Polícia Civil e informou que a atuação continuará sendo feita “com firmeza, dentro da lei e sempre avançando”.

O major ainda afirma que foram ampliadas as blitze e abordagens, o que resultou na redução dos crimes contra a vida, no aumento da recuperação de veículos roubados, e na prisão de autores de roubos e furtos. (Bahia Noticias)