Durante uma operação conjunta entre a Polícia Militar e Civil para combater a venda ilegal de fogos de artifício, foram apreendidas na última quarta-feira (23), mais de 100 dúzias de espadas juninas e matéria prima para fabricação dos artefatos no município de Muritiba. O artefato é proibido por lei.

A fiscalização foi realizada após denúncias anônimas de moradores. As apreensões aconteceram na zona urbana e rural. Três pessoas acabaram sendo presos em flagrante delito, com base no artigo 16, inciso III, da Lei 10826/03, por possuir artefato explosivo ou incendiário sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar, ficando custodiado à disposição da justiça. Na última semana uma apreensão de mais de 340 kg de pólvora já tinha sido feita pela Polícia.

Reportagem: Fábio Santos | Voz da Bahia