O operador de vídeo Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, morreu por volta das 10h30 desta quinta-feira, 1°, no Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, região central do Recife.

Ele era o único sobrevivente da queda do Globocop, no dia 23 de janeiro, na Praia do Pina (PE). Daniel Galvão, de 36 anos, e a controladora de voo, Lia Maria Abreu de Souza, de 34 anos.

Segundo informações do Hospital Restauração, o jovem estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado gravíssimo há nove dias e nas últimas 48 horas apresentou piora no quadro neurológico. Ele sofreu fraturas em várias regiões do corpo com o impacto do acidente e morreu em virtude de um politraumatismo. (IstoÉ)