Nesta segunda- feira (01) a Paróquia São José do Andaiá em Santo Antonio de Jesus (Diocese de Amargosa) comemorou o dia de seu padroeiro (São José Operário), após o novenário que refletiu acerca do tema “Igreja comunidade: família de famílias.

A Missa foi presidida as 10h30 pelo bispo emérito Dom João Nilton e contou com a presença de padres de várias paróquias da Diocese: padre Marco Antonio (pároco); padre Almiro Rezende(Nossa Senhora das Graças); padre Wilson Vitória(Nossa Senhora do Perpétuo Socorro); padre Nelson Franca(Santo Antonio); padre  Gonçalo Marinho(São Miguel Arcanjo); padre Anderson Aparecido(Santa Rita em Amargosa); padre Ângelo(Santo Antonio em Muniz Ferreira), padre Manoel Fernando; diácono Antonio Carlos e seminaristas.

Em sua homilia, o bispo emérito refletia acerca da pessoa de José, escolhido por Deus para formar a Sagrada Família de Nazaré: “Jesus nasceu de Maria, concebido pelo Espírito Santo, mas quis Deus dar ao seu filho uma família. Misteriosamente o mensageiro de Deus da mesma forma que fora a Maria, anunciando que ela seria a mãe do Salvador também  chegou junto a José, que ficou perplexo, confuso, porém José como homem justo até pensou em abandonar Maria, mas o mensageiro o acalma e lhe explica que Maria fora escolhida para ser mãe do Salvador, ele não seria pai biológico de Jesus, mas um pai que lhe amaria, que lhe acompanharia, que lhe daria uma família.”

Dom João também refletia acerca do tema Igreja comunidade: família de famílias: “A igreja é comunidade de famílias, famílias de famílias e de onde essa comunidade se espelha? Quando queremos ser comunidade devemos nos espelhar na Santíssima Trindade(Pai, Filho e Espírito Santo); comunidade dos apóstolos; Sagrada Família-esses espelhos vão nos acompanhando no silêncio da vida, no barulho, na vivência de nossa família. Ah se as famílias olhassem esses exemplos”, refletia o bispo.

Ao término da celebração padre Marco Antônio agradeceu as comunidades urbanas e rurais de São José; pastorais e movimentos; as paróquias vizinhas e demais paróquias da Diocese; ao tiro de guerra; aos padres presentes; ao bispo emérito e a todos que contribuíram com a realização da festa.

A tarde aconteceu a procissão que percorreu várias ruas do bairro, concluindo com a benção do Santíssimo Sacramento. (Jocinere Soares/Tribuna do Recôncavo)