Nesta quinta-feira (10) na cidade de Milagres, tramitavam na Câmara de Vereadores dois projetos de Leis, que seriam colocados em votação durante a sessão na casa legislativa municipal.

Um deles tratava dos subsídios de vereadores e das diárias destinadas aos edis durante atividades parlamentares e o outro de uma cargo de tesoureiro.

Em meio à crise em que o país enfrenta, a população de Milagres se mobilizou e ocupou as dependências da Câmara de Vereadores, bem como a parte externa em frente ao pavimento com faixas, cartazes e até um mini-trio.

Terminada a sessão, depois de mais de duas horas de discussões, os projetos de leis foram arquivados e não foram colocados em votação, atendendo ao clamor popular. (Criativa On Line)

movimento-camara-milagres