O ex-presidente Lula (PT) tem reclamado da programação da TV aberta, a única a que tem acesso na sala em que está preso. Segundo a Folha de S. Paulo, o petista diz que não aguenta mais “ver tanto programa religioso na tela”. Preso há quase um mês na sede da Polícia Federal, em Curitiba, Lula afirma também que se recusa a ver telejornais. (Metro1)