O ex-ministro do STF, Joaquim Barbosa era um dos cotados do PSB na corrida ao Palácio do Planalto. No entanto, após algumas reuniões com a direção do partido, Barbosa confirmou que não vai concorrer ao pleito em 2018.

O anúncio aconteceu nesta terça-feira (08), por meio de seu Twitter. Na mensagem, o ex-ministro afirma que “após várias semanas de reflexão finalmente chegou a uma conclusão”. Segundo Barbosa, a decisão é estritamente pessoal.

Joaquim Barbosa atuou no STF entre 2003 e 2014, presidindo a Corte de 2012 a 2014. O ex-ministro tornou-se uma figura idolatrada por condenar a maioria dos envolvidos no caso do mensalão. (Jovem Pan)