Nesta terça-feira (12), durante uma revista nas celas da carceragem da delegacia de Itatim, foi localizado um aparelho celular escondido em um colchão. O custodiado confirmou que o celular lhe pertencia, mas se negou a informar quem teria lhe entregue.

As investigações apontam que um familiar teria fornecido o aparelho celular na última quinta-feira, quando ele foi escoltado para audiência no Fórum de Santa Teresinha, e na oportunidade teve contato com vários familiares.

Segundo o delegado, Dr. Adilson Bezerra, será oficiado ao juiz e a promotora, informando a necessidade de não permitir o livre acesso de familiares aos custodiados antes das audiências como forma de garantir segurança, inclusive, para o próprio Juiz, Ministério Público, vítimas, testemunhas, demais funcionários do fórum e o público em geral. (Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM)