Malcolm Young, guitarrista do AC/DC, morreu aos 64 anos. O comunicado foi feito na manhã deste sábado (18), através das redes sociais do grupo. “É com profunda tristeza que informamos sobre a morte de Malcolm Young, amado marido, pai, avô e irmão. Malcolm sofria de Dementia há vários anos e morreu pacificamente com a família ao lado da cama”, diz parte da nota.

Em outra postagem o grupo classifica o músico como “força motriz por trás da banda”. No comunicado, o grupo destaca ainda a qualidade e o perfeccionismo de Malcolm como guitarrista, compositor e visionário. “Ele deixa um enorme legado que viverá para sempre”, acrescenta.

Na nota oficial, o AC/DC orienta também que aqueles que desejem enviar mensagens à família devem visitar o site Sydney Morning Herald Malcolm Young Memorial, que estará disponível na próxima semana. No ano de 2014, quando o AC/DC se preparava para lançar um novo trabalho, Malcolm deixou a banda, por problemas de saúde, incluindo a demência.

Em 2015, foi lançada uma nova biografia do grupo, incluindo informações sobre a saúde de Malcolm.

 

Bahia Noticias