Na noite desta sexta-feira (12), a Prefeitura de Santo Antônio de Jesus juntamente com a Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude, realizou uma reunião com toda a imprensa local, para divulgar a grade do São João da cidade que acontecerá de 21 a 24 de junho, sendo que no dia 21 será realizado um evento religioso com a participação do cantor e compositor gaúcho, Padre Ezequiel Del Pozzo.

Em entrevista coletiva, o prefeito Rogério Andrade falou sobre o critério que foi utilizado para escolher a grade do São João. “O critério que nós utilizamos foi ouvir o máximo de pessoas da nossa cidade, e ouvimos uma vontade muito diversificada, puxada para o forró, mas também ouvimos um grande desejo das pessoas verem atrações do mundo sertanejo. Então, resolvemos fazer um São João bem eclético que possa agradar a todos os gostos e a todas as vontades do povo de Santo Antônio de Jesus”, disse.

O São João de SAJ contará com três atrações sertanejas que estão em evidência na mídia, Maiara e Maraísa, Marcos e Belluti, e Marília Mendonça. Na Bahia Marília não realizará nenhum outro show em praça pública nesse período junino a não ser em Santo Antônio de Jesus.

Confira a grade:

  • Marília Mendonça
  • Maiara e Maraísa
  • Marcos e Belluti
  • Mastruz com Leite
  • Targino Gondim
  • Adelmario Coelho
  • Santana o Cantandor
  • Peruano Cavalheiros
  • Tio Barnabé
  • Del Feliz
  • Lukas e Gustavo
  • Trio Nordestino
  • Tayrone
  • Dois Amores
  • Sem Retoque

 

A grade de artistas locais até o presente momento não foi divulgada porque as inscrições dos mesmos no Edital de contratação foram prorrogadas até segunda-feira, dia 15/05.

 

Nas redes sociais internautas deixaram sua opinião:

“Isso aí, valorizando o forró de verdade e mantendo a tradição do São João. Só acrescentaria Flávio José”, Laís Oliveira.

“Só faltou Luan Santana, Simone e Simaria, Henrique e Juliano e Flávio José”, Anny Oliver.

“Só Santana já valeu o São João”, Andreia Oliveira.

“Tá bom de mais, em dias de crise nem era pro povo tá reclamando”, Elenilza Cardoso.

 

Matéria: Uanderson Alves/Tribuna do Recôncavo