Durante visita à sede do afoxé Filhos de Gandhy, neste domingo (11), o secretário do Turismo da Bahia, José Alves, afirmou que o governo estadual está empenhado no processo de valorização dos blocos afros.

O secretário José Alves, a secretária Arany Santana (Cultura) e o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, acompanharam o governador Rui Costa em visita ao Gandhy, no Pelourinho. A comitiva foi saudada por dirigentes da agremiação, que falaram sobre as ações sócio-educacionais que realizam durante o ano todo.

Fundada em fevereiro de 1949, em Salvador, O Gandhy é uma instituição cultural e social que nasceu sob a inspiração do pacifista indiano Mahatma Gandhi (1869-1948). “Com mais de 15 mil associados, este bloco é uma das grandes referências do Carnaval da Bahia”, observou o secretário José Alves.

Além de reconhecer a sua importância, o Governo do Estado apoia os blocos afros e afoxés com o projeto Carnaval Ouro Negro, disse o secretário. “Também buscamos apoio da iniciativa privada, como das companhias aéreas, e os resultados contribuem para o incremento do turismo no Carnaval da diversidade”.

 

Repórter: Lenilde Pacheco