Foi lançado ontem (25) em Nazaré no recôncavo baiano, o curta documentário “Cine Rio Branco”, filme realizado pela Visagem Audiovisual em coprodução com o Canal Futura. O curta documentário de 17 minutos, foi dirigido pelo nazareno Eudaldo Monção Jr, que conseguiu realizar o filme através do 9º edital de curtas do Núcleo de Jornalismo do Canal Futura.

O curta metragem é uma homenagem aos 90 anos do Cinema Rio Branco e foi realizado com depoimentos de historiadores, antigos funcionários e ex-proprietários, incluindo o atual proprietário, o ex-jogador Vampeta, nazareno que comprou e restaurou o prédio na década de 90.

O filme também se utilizou de material de arquivo presente no filme “A Resistência do Sonho” de Joel de Almeida, que filmou a glória e decadência do cinema, e fragmentos de reportagens realizadas pelo canal esportivo ESPN Brasil no ano de 1997, que gentilmente disponibilizaram seu acervo para o curta documentário.

A utilização desses arquivos, resultou no primeiro prêmio de “Cine Rio Branco – documentário” conquistado essa semana na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, durante a premiação da 16º edição do REcine – Festival Internacional de Arquivo, onde conquistou o prêmio pelo melhor uso de material de arquivo.

Confira o trailer:

Realizada em duas sessões, o lançamento de Cine Rio Branco foi acompanhado de outros filmes com temática relacionada a cidade de Nazaré. Além de “A Resistência do Sonho” de Joel de Almeida, a sessão contou com a exibição do curta Louça de Deus, também coproduzido com o Canal Futura.

O filme de 13 minutos conta sobre a famosa feira dos caxixis, evento realizado em Nazaré há mais de 300 anos. E o filme “Maragogipinho” uma homenagem ao cineasta Guido Araújo, falecido em setembro deste ano. Guido realizou diversos trabalhos em Nazaré e região com destaque para “Maragogipinho” filme de 1969 que possui cenas gravadas na cidade e “Feira de Banana”, realizado em Nazaré no ano de 1972. Na ocasião ainda foi exibido o curta convidado “Passageiros” de Leonardo Almeida, um resgate sobre a estrada de ferro que passava pela antiga Nazaré.

“Cine Rio Branco” já foi exibido nos festivais Sercine – Festival Sergipe de Audiovisual, realizado em Aracaju. E no 7º Civifilmes, Festival de Cinema Independente realizado em São Paulo, capital. As próximas exibições confirmadas acontecerão no mês de novembro durante o  12º Encontro de Cinema e Vídeo dos Sertões, a ser realizado na cidade de Floriano, Piauí e no 4º Festival de Cinema de Caruaru, realizado em Pernambuco.

 

Cine Rio Branco – Documentário estreia próxima semana no Canal Futura.

Dia 02/11 às 18:45
Dia 03/11 às 00:00 e às 10:00
Dia 04/11 às 21:45
Atualmente, o público pode acompanhar a programação do Futura pela TV por assinatura, antenas parabólicas digitais, TV aberta (pela rede de TVs universitárias) e no Futura Play.

COMO ASSISTIR:
SKY: canal HD 434 e canal 34
NET e CLARO: canal HD 587 e canal 87
OI TV: canal 35
VIVO: canal 68 (e também na fibra no canal 24)

 

Fonte: Eudaldo Monção Jr. / Visagem Audiovisual