O ex-prefeito de Iaçu, Adelson Souza de Oliveira, pode ter a candidatura impugnada nas eleições deste ano. Além de figurar na lista de inelegíveis do Tribunal de Contas dos Municípios, o ex-gestor, que é pecuarista, foi condenado pela Justiça Federal, no Pará, por crime de trabalho escravo. A punição estabelecida foi de sete anos, dois meses e 15 dias de reclusão.

De acordo com a sentença da juíza Maria Carolina Valente do Carmo, Adelson Oliveira foi denunciado por submeter quatro pessoas à condição de trabalho escravo na Fazenda Verena II, no município de Novo Repartimento, no Pará. A acusação partiu de relatório de Fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego feito entre o final de abril e começo de maio de 2007. (Amarelinho10)