A partir deste mês, estudantes dos cursos técnicos ou de graduação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) ampliam a oportunidade de aprendizado profissional. A Bahia Pesca, vinculada à Secretaria da Agricultura do Estado (Seagri), assinou convênio de estágio com a instituição de ensino, que permitirá aos interessados passar por um processo de imersão nas atividades da empresa, responsável por fomentar a pesca e a aquicultura no estado.

Os estudantes selecionados pelo IF Baiano serão alocados na Fazenda Oruabo – centro de pesquisas experimentais da empresa no município de Santo Amaro, no Recôncavo – ou nas estações de piscicultura da empresa, onde vão aprender, na prática, conceitos relacionados à pesca, piscicultura, aquicultura, carcinicultura; trabalhos de maturação, alevinagem e larvicultura de peixes; maturação e larvicultura do camarão marinho; engorda de camarão; e larvicultura do caranguejo-uçá, entre outros. Os interessados devem procurar a reitoria do IF Baiano e comunicar seu interesse em participar do processo seletivo.

Podem se candidatar ao estágio estudantes dos cursos técnicos ou de graduação em Zootecnia, Ciências Biológicas e Agropecuária. A empresa oferece hospedagem durante todo o período do estágio, que não é remunerado. “O aumento da produção baiana de pescado passa necessariamente pela maior capacitação dos profissionais de nosso estado. Ao oferecer essa oportunidade estamos ajudando a Bahia a formar novas lideranças que se tornarão multiplicadores do conhecimento”, explica o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior. (Ascom/ Bahia Pesca)