Por conta do estoque crítico de combustível, o embarque de passageiros no Terminal Marítimo de Valença, no baixo sul do estado, foi suspenso por um período de três horas na tarde desta sexta-feira (25).

As viagens foram suspensas às 13h e foram retomadas às 16h, com 50% da frota. A decisão impactou a travessia de barcos e lanchas rumo às Ilhas de Tinharé e Boipeba, que abrangem praias turísticas como Morro de São Paulo, Gamboa, Garapuá, Moreré e Galeão.

O presidente local da Associação de Transportes Marítimos (Astram), Cláudio Nascimento, afirmou que a suspensão de três horas foi necessária para que a diretoria da entidade pudesse iniciar a construção de um plano de contingenciamento.

Ele afirma que os postos marítimos da região já estão sem combustíveis e que o estoque das empresas só deve garantir travessias até o domingo (27). “Estamos preparando o plano de contingenciamento para que a gente possa garantir as viagens até lá. Então, em vez das viagens serem de hora em hora, elas podem ocorrer a cada duas, três horas”, comentou.

Caso os portos marítimos não sejam reabastecidos, Nascimento diz que o transporte de Valença para as Ilhas de Tinháre e Boipeba, como também no sentido inverso, ficará inviabilizado. “A situação está ficando crítica”, afirmou.

Fonte: G1