Os trabalhos da Câmara Municipal de São Felipe retornaram na última terça-feira (06). A sessão foi marcada por fortes debates em torno dos serviços públicos do município, em especial saúde e educação. Quatro dos 11 vereadores fizeram discursos durante a sessão para criticar a gestão da saúde e da educação de São Felipe. Segundo eles, ambas as áreas apresentam diversos problemas e necessitam de ações da prefeitura.

O vereador João Vitor (PSB) foi um dos edis que fizeram críticas. Segundo ele, a saúde e a educação de São Felipe estão caóticas. “Na saúde, o atendimento é muito aquém do que a população espera, sem conseguir atender os padrões mínimos de respeito às pessoas. Faltam equipamentos, medicamentos, profissionais. Não foi isso que prometeram em cima do palanque”, afirmou.

Na educação, de acordo com o vereador, as escolas estão penando com a falta de manutenção. “A prefeitura não valoriza os profissionais nem se preocupa com a qualidade do ensino. Na nossa gestão, deixamos as escolas reformadas e materiais didáticos de ótima qualidade. Hoje, o que vemos é um retrocesso”, ressaltou.

Outros vereadores também fizeram críticas à gestão da saúde e educação, entre eles Jair Araújo, Tonha de Zinho e Laurinho, que preside a Câmara Municipal. (ASCOM)