O papa Francisco pediu paz para Jerusalém e fez um apelo por “uma solução que permita a coexistência de dois Estados”, afirmou nesta segunda-feira (25) em sua mensagem de Natal.

“Que o Senhor também sustente os esforços de todos aqueles membros da comunidade internacional, movidos de boa vontade, que desejam ajudar essa terra martirizada a encontrar o entendimento, a justiça e a segurança que espera há tanto tempo”.

A disputa em torno de Jerusalém se acirrou nos últimos dias após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar que o país reconhecia oficialmente a cidade como capital de Israel e ordenar que a embaixada americana de Tel Aviv fosse transferida para Jerusalém.

A medida muda a política externa americana, que por mais de 70 anos e contraria o entendimento da comunidade internacional – os palestinos querem o controle da área, que atualmente é dividida entre Jordânia e Israel. (bahianoticias)