Pelo segundo ano consecutivo, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), em Salvador, promove a campanha ‘Amigos do Roberto Santos’ de doação de sangue, que tem início no próximo dia 17, quando o Hemóvel chega à instituição. O objetivo é otimizar o cronograma de cirurgias eletivas, melhorar o tratamento de doenças hematológicas e renais e, principalmente, garantir estoque de bolsas de sangue para as unidades de urgência e emergência.

Para atender às diversas demandas que chegam à Agência Transfusional do Hospital Geral Roberto Santos (AT-HGRS), são necessárias, no mínimo, 50 bolsas de sangue, ao dia. Atualmente, o hospital funciona com um quinto desse número, tornando recorrentes as remarcações de cirurgias eletivas, mesmo quando todos os outros critérios para realização dos procedimentos são atendidos.

Maior hospital público do Norte e Nordeste, o HGRS é referência em neurocirurgia, cirurgia geral, vascular, clínica médica, nefrologia, gestação de alto risco e hemorragia digestiva, entre outras especialidades. A instituição tem média mensal de cinco mil atendimentos nas unidades de urgência, oito mil no ambulatório, 600 procedimentos cirúrgicos e 550 partos.

“Se considerarmos que uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas, com o apoio de toda população baiana, acreditamos, então, ser possível reduzir consideravelmente a fila e o tempo de espera daqueles que, na atual conjuntura, aguardam há meses por cirurgias ou tratamentos específicos”, afirma o diretor-geral do HGRS, José Admirço Lima Filho.

Para facilitar o processo, o HGRS e a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) oferecem mais uma ferramenta para os voluntários que têm interesse em ajudar o complexo hospitalar. Trata-se do cadastro de número 0106, que leva o nome ‘Amigos do Roberto Santos’.

Entre os dias 17 e 20 deste mês, os candidatos à doação de sangue podem comparecer ao Hospital Roberto Santos para participar da campanha. Nesse período, o ônibus do Hemóvel ficará estacionado em frente ao auditório central da instituição, onde a equipe fará coleta de material e cadastro de medula óssea, sempre das 8 às 17h.

Requisitos básicos para doação

O cidadão que deseja doar sangue precisa ter entre 16 e 69 anos de idade e se apresentar ao ponto de coleta portando documento original com foto. Menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal. O candidato também deve pesar acima de 50 quilos estar bem descansado e alimentado, não fumar por, pelo menos, duas horas antes da doação e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

Ascom/Hospital Geral Roberto Santos