O banhista atacado por um tubarão neste domingo (15), na Praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, Grande Recife, teve a perna direita amputada devido ao grau dos ferimentos. Pablo Diego Inácio de Melo, 34 anos, passou por cerca de quatro horas de cirurgia. O paciente teve ainda o braço direito revascularizado, por causa da extensão da lesão. A revascularização é feita quando as veias e artérias são unidas para restabelecer a circulação sanguínea. O paciente está internado na UTI, respirando com ajuda de aparelhos e usando drogas vasoativas para manter a pressão arterial. O estado dele é considerado gravíssimo.

As informações foram repassadas pela Secretaria de Saúde do Estado (SES) e os procedimentos foram realizados no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife, por uma equipe formada por médicos traumatologistas, cirurgiões vasculares e anestesistas. Os cirurgiões ainda trataram de diversos ferimentos nos dois braços. Natural de Natal, no Rio Grande do Norte, Pablo Diego teve os dois braços e perna direita mordidos e foi socorrido pelo serviço de regaste aéreo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital da Restauração, no Derby, área central da capital pernambucana.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o turista nadava perto da linha de arrebentação e não estava em águas profundas. Entretanto, a área onde aconteceu o ataque possui diversos avisos de perigo. Ainda de acordo com os Bombeiros, no momento do regaste, Pablo Melo estava consciente. Por enquanto, não há informações sobre a espécie de tubarão. (Varela Noticias)