Em um texto publicado no seu blog, o bispo Edir Macedo fez uma analogia entre a greve dos caminhoneiros, que ocasionou a falta de produtos básicos para a população, com a greve de Deus.

O fundador da Igreja Universal do Reino de Deus questionou: “E se, por um dia, o nosso Senhor decidisse não trabalhar para ficar recluso, sem atender as orações de ninguém?”.

Segundo o bispo, no post feito na segunda-feira (04), Deus “nunca entra em greve”, “muito menos bloqueia o acesso ao Seu Altar”. (Noticias ao Minuto)