A Doutora Dalva Damiana recebe amigos, familiares e visitantes para um encontro que proporciona interações culturais e saudáveis no Ponto de Cultura Casa do Samba de Dona Dalva, município de Cachoeira. O evento acontece no próximo domingo (29), às 16h. O Encontro integra a 2ª edição do projeto Apoio e Promoção a Manifestações Culturais.

O Samba de Roda de Dona Dalva (Suerdieck e Samba Mirim Flor do Dia) participa de diversos eventos na cidade e demais regiões. Para esta data as cantoras e compositoras do grupo, Doutora Dalva e sua filha Mestra Ana, selecionam um repertório de cantigas populares e autorais com temáticas voltadas para as realidades vividas por pessoas do interior da Bahia ligadas ao trabalho, à família e a devoção aos santos católicos e orixás dos terreiros de Candomblé.

Em novembro de 2018, o grupo liderado pela Doutora do Samba completa 60 anos de sua primeira apresentação pública na cidade de Cachoeira, criando novos caminhos conduzindo o “samba de caruru” ou ainda os “sambas de vizinhos”, para as ruas de Cachoeira e demais cidades com um grupo de operárias e operários da charutaria, além de amigos e familiares, que idealizaram o Samba de Roda Suerdieck.

Dona Dalva é uma ativista cultural incansável, brasileira e cachoeirana com muito orgulho. Operária, mulher, negra, mãe, avó, bisavó, sambadeira e integrante da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte, foi a primeira personalidade a ser condecorada com o título de Doutora Honoris Causa pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia em 22 de novembro de 2012.

O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.  Para mais informações, acesse: www.cultura.ba.gov.br

 

Serviço

Samba de Roda de Dona Dalva

Quando: 29 de abril (domingo) às 16h

Local: Casa do Samba de Dona Dalva – Ponto de Cultura. Rua Ana Néry, 19. Cachoeira-BA

 

ASCOM/ SecultBA