Em 06 de agosto de 1986, dia do Bom Jesus da Lapa, a Diocese de Amargosa na Bahia foi surpreendida com a eleição do então Padre João Nilton para Bispo coadjutor de Bom Jesus da Lapa, sua sagração episcopal se deu em 09 de novembro do mesmo ano, no bosque de Amargosa, em meio a um clima de muita alegria e emoção, logo em seguida sua posse como Bispo  em Bom Jesus da Lapa, em 29 de novembro de 1986.

Com a indicação de Dom Alair Vilar Fernandes de Melo para Arcebispo de Natal-RN, quis a Providência Divina, trazê-lo de volta para a sua diocese tão amada.  Foram longos 27 anos (1988 a 2015) de trabalho e dedicação a esta Igreja particular diocesana de Amargosa, sem contar é claro, com os outros 18 anos dedicados como vigário desta paróquia.  Mas, como tudo nesta vida tem começo, meio e fim,  chegou a hora de Dom João Nilton entregar o seu cajado. A quem?  Sabe Deus! É algo que não adianta ninguém especular ou fazer apostas no escuro. A eleição de um bispo se dá unicamente pela sapiência da Igreja, iluminada pela ação do Espírito Santo.

Enquanto isso, cabe a nós cristãos, católicos e diocesanos de Amargosa,  rezar e agradecer a Deus por estes anos de Dom João Nilton dedicados à nossa igreja. Sem sombras de dúvida a semente do Evangelho foi semeada. Muitos corações se tocaram com as suas mensagens, seu trabalho, seu afeto pelos cristãos e principalmente pelo seu testemunho de vida Cristã.

Em recente conversa pessoal com Dom João, falando sobre a proximidade de sua renúncia ao cargo de Bispo Diocesano, ouvi dele próprio: “já está na hora!  nunca tive apego a cargos nem a nenhuma forma de poder, já fiz o que era possível dentro dos meus limites, além do mais a diocese já precisa caminhar com alguém mais novo, com mais disposição e mais vigor! Deus se encarregará de providenciar”. Cumpre-se em definitivo o lema do seu episcopado “Fiat voluntas Tua” – Seja feita a Tua vontade.

Dom João Nilton deixa o comando pastoral e administrativo da diocese de Amargosa, mas não deixará de celebrar. Estará sempre presente, agora como Bispo Emérito de Amargosa. Certamente continuará a pregar, fazendo chegar ao coração das pessoas e mensagem de Jesus Cristo através do seu Evangelho.

Graças Vos damos Senhor, por este fecundo pastoreio de Dom João que cessa em nossa Diocese. Rogamos pela sua vida, saúde e paz. E rogamos na  luz do Espírito Santo pelo 4º Bispo diocesano que Deus há de nos enviar. (Postado por Tribuna do Recôncavo)

Gilbenicio[1] (1)

Gilbenício de Souza Brandão

Paróquia São benedito-SAJ

Diocese de Amargosa-Ba

(Colunista do Tribuna do Recôncavo).

LEIA TAMBÉM:

Papa aceita pedido de renúncia de Dom João Nilton, bispo da Diocese de Amargosa