Dois dias após fazer um mergulho para caça submarina na região da Ilha d’Ajuda em Jaguaripe, no baixo sul da Bahia, o empresário Artur Knot, de 38 anos, continua desaparecido. As últimas buscas foram feitas na manhã desta segunda-feira (1º), por por meio de lanchas e barcos.

A irmã do empresário, Amanda Knot, pediu ajuda nas buscas. “Nós precisamos é de AJUDA nas buscas!!! Seja por mar, seja por terra, seja divulgando a foto dele para quem se encontra nas praias circunvizinhas. É DISSO E DE PENSAMENTOS POSITIVOS que a nossa família precisa”.

No dia do desaparecimento, a irmã dele já tinha feito um post dizendo que Artur é um ótimo mergulhador e que aguarda as buscas com otimismo. “Ele é um excelente mergulhador e nada muito bem, então vamos nos concentrar nos pensamentos positivos”. Artur Knot é gaúcho e reside em Valença, onde comanda um restaurante no centro da cidade. (G1-BA)