O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) vai começar a emitir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital para os motoristas que já possuem a versão impressa do documento com QR Code (código de barras usado na web). A versão digital da carteira de motorista será opcional e poderá ser apresentado pelos condutores em aparelhos eletrônicos como smartphones, sem a necessidade de uso da internet, em casos como esquecimento ou perda da original. O valor será de R$ 95, segundo o Detran.

De acordo com o diretor de habilitação do Detran-BA, Mário Galrão, o início da emissão da CNH digital no Estado da Bahia depende apenas de autorização do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que precisa permitir a conexão do sistema do Detran baiano com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), mas a previsão é de que a emissão comece a ser feita em, no máximo, dez dias. Se o motorista não possuir CNH com QR Code, a segunda via do documento impresso, que na Bahia custa R$ 65,10 até março, terá que ser feita, de acordo com o órgão federal.

Em março, esse valor mudará para R$ 67,10. Somente após essa atualização da versão impressa, que o condutor poderá solicitar a CNH digital, pagando, como em todos os casos, o valor de R$ 95. De acordo com o Denatran, atualmente, o novo mecanismo já é oferecido em 13 estados: Acre, Alagoas, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins. (Varela Noticias)